operação de mentira

Falso policial usava camisa da Polícia Civil durante golpe

Delegado detalha operação que resultou na prisão do grupo

POR: 7Segundos
Grupo cobrava suborno e comerciantes
Reprodução

A Polícia Civil (PC) detalhou nesta quarta-feira (31) a prisão dos falsos policiais e agentes de segurança que tentaram aplicar um golpe em comericantes da conhecida "Feira do Rato", no bairro da Levada, em Maceió, na semana passada com uma falsa operação.

As prisões dos acusados ocorreu no fim da tarde de ontem (30) e entre os presos estão João Batista Moura, de 39 anos, detido em Campo Alegre, no Agreste de Alagoas, conhecido como "João do Deic" por se passar como agentes da divisão especial da PC.

De acordo com o delegado Tiago Prado, o grupo forjava apreensões de supostas mercadorias ilícitas, cobrando suborno para não recolher os produtos, pedindo de R$ 3 mil a R$ 10 mil.

Também foi presa Laryssa Manuela Magalhães da Silva, de 32 anos, ex-policial militar, profissão em que atuou por 11 anos; o policial militar Carlos Alberto Tenório Cavalcante Filho, o "Vaqueirinho", de 38 anos, detido quando saía do local de trabalho, na Turma Recursal do Juizado Especial do TJ-AL, localizado na Rodoviária de Maceió; e Igor Felipe Silva dos Santos, 30 anos.

Ainda de acordo com a Polícia Civil o grupo possuía colete à prova de balas, dois carros usados para a prática criminosa, giroflex, camisa e capa de colete com os emblemas  da PC.

 

 

 

Deic falsos golpe policiais presos

Veja Também

Comentários