Operação de mentira

Policial envolvida por extorquir comerciantes tem prisão decretada

Ação foi flagrada por câmeras de segurança dos estabelecimentos

POR: 7Segundos
DEIC prende grupo acusado de extorquir comerciantes em Maceió
Cortesia

A agente da polícia civil envolvida com o grupo de policiais acusado de extorquir comerciantes, na Feira do Rato, no bairro da Levada, em Maceió foi indiciada, nesta quarta-feira (31), e deverá permanecer em prisão preventiva. O juiz Rodolfo Osório Gatto, emitiu o parecer no final da tarde, onde determina que Laryssa Manuela Magalhães da Silva cumpra a pena em regime fechado.

Ela, o policial militar Carlos Alberto Tenório Cavalcante Filho, vulgo “Vaqueirinho”, de 28 anos e Igor Felipe Silva Santos, de 30 anos foram presos, na ultima terça-feira (30), pela Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic) da Polícia Civil após o setor de inteligência receber informações de que um grupo composto por três homens e uma mulher foram até a “Feira do Rato”, na manhã da última quinta (25), e simularam uma operação policial.

Na ocasião, os suspeitos teriam feito abordagens em bancas do mercado e subtraíram mercadorias e valores em dinheiro. Toda a ação criminosa foi flagrada através do circuito interno de segurança dos estabelecimentos.

A ação foi coordenada pelos delegados de polícia Fábio Costa, Thiago Prado e Cayo Rodrigues da Deic.

ação Deic extorsão Feira do Rato Levada pena Polícias Prisão

Veja Também

Comentários