PARCERIA

Seprev e Cesmac articulam criação de aplicativo para denúncias de violência

Ação deve fazer parte de convênio entre as duas instituições para desenvolvimento de atividades de prevenção e promoção da cidadania

POR: Ascom Seprev
Ação deve fazer parte de convênio entre as duas instituições para desenvolvimento de atividades de prevenção e promoção da cidadania
Divulgação

Com objetivo de prevenir e romper o ciclo de violência em Alagoas, a Secretaria de Estado de Prevenção à Violência (Seprev) vem articulando, em parceria com o Centro Universitário Cesmac, a criação de um aplicativo com informações e orientações sobre ações de combate à violência, ajuda ao cidadão e apoio para realização de denúncias.

Inicialmente com foco para implantação nas escolas, o aplicativo incentiva ainda a discussão e o debate junto aos sistemas de ensino para que definam um fluxo de notificação e encaminhamento das situações de violência identificadas ou vivenciadas na sala de aula.

“Este é apenas o ponta pé inicial de uma parceria que estamos querendo firmar junto ao Cesmac para ampliar e fortalecer as ações de atenção à população que vive em vulnerabilidade social e à violência”, enfatizou a titular da Seprev, Esvalda Bittencourt.

O aplicativo, que será elaborado pelo Núcleo de Robótica do Cesmac, será usado também para mensurar as estatísticas dos casos registrados pela rede pública estadual e privada de ensino e possibilitar assim trabalhar diretamente onde está o problema.

“A parceria entre Estado e academia é de extrema valia por unir professores e pesquisadores a iniciativas do poder público, vinculando a expertise teórico prática ao interesse coletivo para criação e acompanhamento de políticas públicas”, enfatizou o professor e pesquisador da Faculdade de Direito do Cesmac, Bruno Leitão, que vem articulando o projeto junto à Seprev.

De acordo com Leitão, “a instituição de ensino deve disponibilizar profissionais para atividades pontuais, o que vai otimizar a formação de seus discentes com a vivência teórico-prática em pesquisa e extensão, e desenvolver também sua responsabilidade social”.

A parceria entre a Seprev e o Cesmac deve ser oficializada em breve com uma possível assinatura de convênio entre as duas instituições. O objetivo é, além da criação do aplicativo de celular, a elaboração de um cronograma de atuação conjunta em localidades de vulnerabilidade social. A iniciativa irá envolver todas as superintendências da Seprev e o Núcleo Acadêmico Afro Indígena do Cesmac (Nafri), que passa agora a cuidar também das pautas de Diretos Humanos.

Por parte do Cesmac, ainda estão envolvidos no projeto o coordenador do Curso de Direito, Afrânio Roberto, a pró-reitora Acadêmica Adjunta de Graduação, Fabiana Suruagy, o coordenador do Nafri, Jorge Vieira, e o professor do Núcleo de Robótica, Mozart Alves Júnior.

Aplicativo Cesmac Seprev tecnologia violência

Veja Também

Comentários