esclarecimento

Sugerida intervenção de comissão em denúncia de abuso de autoridade durante FPI

Cabo Bebeto é o presidente da Comissão de Direitos Humanos e Segurança Pública que comentou sobre o caso

POR: 7Segundos
Cabo Bebeto (PSL)
Assessoria

O deputado Antônio Albuquerque voltou a falar sobre suposto abuso de autoridade durante as ações do Fiscalização Preventiva Integrada da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (FPI do São Francisco) na sessão desta terça-feira (13) na Assembleia Legislativa (ALE).

O parlamentar denunciou truculência nas ações dos militares que acompanham os fiscais, como a tomada de objetos pessoais. “Forçando os homens a ficarem nus”.

Cabo Bebeto explicou que seria preciso ouvir as duas versões dos fatos.

Marcelo Victor, sugeriu então que Bebeto, como presidente da Comissão de Direitos Humanos e Segurança Pública, convocasse os envolvidos para serem ouvidos.

Na semana passada, Antônio Albuquerque contou que recebeu vídeos em que as equipes arrombam residências para apreender animais silvestres no município de Palmeira dos Índios.

Já a coordenação da Fiscalização Preventiva Integrada da Bacia Hidrográfica do Rio São (FPI do São Francisco) informou que não era verídica a informação e que as ações são pautadas em um “planejamento criterioso que começa anteriormente à execução de suas ações”.

ações ALE cabo bebeto fpi ouvir Truculência

Veja Também

Comentários