Real ou fake?

Vídeo de animal que come cadáver e grita como ser humano causa polêmica nas redes sociais

Imagem que tem bombado nas redes sociais mostra, na verdade, uma tartaruga; o som que surge no vídeo foi editado. Texto com mensagem falsa circula também em outros idiomas.

POR: G1
animal mostrado no vídeo é uma tartaruga
Reprodução/internet

Um vídeo de 15 segundos que tem bombado nas redes sociais mostra um homem que segura e expõe um animal de pequeno porte que dá um grito humano. A legenda que acompanha o vídeo diz que o animal mostrado é o wigu, descrito como comedor de cadáveres humanos, encontrado em cemitérios árabes e capaz de gritar da mesma forma que os seres humanos. É #FAKE.

O animal mostrado no vídeo é uma tartaruga. A pesquisa de imagem reversa remete à tartaruga-aligátor, uma espécie de animal de água doce que vive principalmente nos Estados Unidos e no México.

Doutor em ciências pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto, da Universidade de São Paulo (FFCLRP-USP), e em geociências pela Eberhard Karls Universität Tübingen, da Alemanha, Gabriel de Souza Ferreira diz que o animal mostrado no vídeo é uma "alligator snapping turtle", tartaruga-aligátor ou tartaruga mordedora aligátor (cujo nome científico é Macrochelys temminckii).

"Ela é uma tartaruga bastante agressiva. Tem alguns vídeos bastante interessantes no YouTube, mas não emite nenhum som especial, não. Com certeza nada parecido com um humano", diz Ferreira.

O professor Edris Queiroz, do Instituto de Biologia Marinha e Meio Ambiente, também reforça que o animal é uma tartaruga-aligátor e que o grito é "mentiroso". "Elas sempre abrem a boca, mas fazem muito pouco barulho", afirma.

O Departamento de Recursos Naturais de Indiana, que descreve a tartaruga em seu site, também confirma tratar-se da espécie.

 

fake Polêmica Tartaruga

Veja Também

Comentários