Ponte Rio Niterói

Sequestrador de ônibus no Rio é morto por atiradores de elite

Reféns foram liberados e encaminhados para hospitais

POR: Uol Notícias
Homem armado faz reféns em ônibus na Ponte Rio-Niterói
G1

A Polícia do Rio de Janeiro matou o sequestrador e liberou todos os reféns que eram mantidos no ônibus na Ponte Rio Niterói em uma ação por volta das 9h (de Brasília) de hoje. A informação foi confirmada pelo porta-voz da PM, o coronel Mauro Fliess.

"A operação foi um sucesso. O objetivo desejado era preservar todas as vidas mas infelizmente eles não nos deixou outra opção, foi necessário disparar contra ele para preservar a vida de inocentes", informou ao UOL o coronel.

Em mensagem no Twitter, a Polícia do Rio informou que o "tomador de refém foi neutralizado por um atirador de precisão do Bope e todos os reféns foram libertados ilesos". 

Um homem ainda não identificado manteve cerca de 20 pessoas reféns ao longo da manhã de hoje no sentido Rio de Janeiro da ponte que liga as duas cidades. Antes da ação policial, seis reféns já haviam sido liberados. Ao todo, o sequestro durou cerca de quatro horas.

Ainda não se sabe as motivações do homem, que de acordo com a PRF tinha em seu poder uma pistola 38, um taser, uma faca e um galão de gasolina. A Polícia Militar alega que ele estava apenas com uma arma de brinquedo.

Imagens exibidas pelas TVs mostram o rapaz caindo ao lado do veículo, após serem ouvidos barulhos de tiros. Um pano vermelho foi colocado no local para evitar imagens.

Segundo as imagens da TV Globo foi possível observar um tiroteio no local. Quem estava próximo ao local precisou se abaixar, um atirador de elite fez um sinal de positivo e houve comemoração.

Confira o registro divulgado no Jornal da Band no link

ônibus coletivo rio de janeiro Rio-Niterói Sequestro

Veja Também

Comentários