Projeto Social

Projeto “Coração de Estudante” tem ações neste mês de Agosto

Apoiado pela Algás, o projeto promove atendimento médico gratuito para crianças de escolas públicas de Maceió.

POR: Assessoria
Ação visa atender crianças da rede pública de ensino de Maceió
Assessoria

Pensando em reduzir a mortalidade infantil, o projeto “Coração de Estudante” foi elaborado pela Fundação Cardiovascular de Alagoas. Contemplado no Edital Algás Social 2018-2019, a ação da Fundação envolve crianças de 0 a 5 anos em 20 campanhas em escolas de educação infantil da rede pública de Maceió.

As campanhas em Agosto acontecerão em duas etapas, nas duas últimas sextas-feiras do mês, dias 23 e 30. Localizado no bairro do Rio Novo, o CMEI Mestra Virgínia será o espaço da primeira ação, abrindo as portas para mais 3(três) centros municipais da área que levarão seus estudantes para participar do evento. A segunda etapa das atividades ocorrerão no Conjunto Osman Loureiro, no CMEI Leda Collor que estará unindo a estudantes de mais 4(quatro) escolas durante os atendimentos. Além de atuar nas causas de cardiopatia congênita por meio do diagnóstico precoce e encaminhamento para tratamento, o “Coração de Estudante” também visa à prevenção de acidentes infantis, por meio da conscientização e estímulo a adoção de medidas de segurança por parte de familiares, professores das instituições e das próprias crianças.

O programa é formado por uma equipe de cardiologistas, cardiopediatras e cirurgiões cardiovasculares do Hospital do Coração de Alagoas (HCor), junto a mais de 300 acadêmicos dos cursos de Medicina da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal), Centro Universitário Unit e Centro Universitário Cesmac, que trabalham voluntariamente em prol do bem-estar de crianças.

Segundo Ottoni Veríssimo, diretor executivo da Cordial e um dos idealizadores da iniciativa, os atendimentos ocorrem com o objetivo de dar o máximo de assistência à população, não apenas com o diagnóstico, mas também facilitando o tratamento.

“Já atendemos mais de 7.000 crianças no estado de Alagoas, se alguma alteração for identificada durante o projeto, a criança é encaminhada para o Hospital do Coraçãozinho, onde vai receber atendimento e assistência gratuita.”, menciona Ottoni.

Para a distribuidora alagoana de gás natural, a Algás, a iniciativa desenvolvida pela Fundação Cardiovascular de Alagoas contribui para a conscientização de responsabilidade social no estado.

“O trabalho que vem sendo feito através do projeto ‘Coração de Estudante’ reforça a valorização de nossos princípios com a política social e, principalmente, estimula um amplo contato de crianças da rede pública de ensino com atendimentos médicos”, destaca o diretor presidente da Companhia, Arnóbio Cavalcanti.

Algás social coração de estudante rede pública

Veja Também

Comentários