improbidade

Ex-prefeito de Atalaia é condenado pela Justiça Federal

Dinheiro foi debitado mas Unidade de Pronto Atendimento 24h nunca saiu do papel

POR: 7Segundos com Assessoria
Manoel foi condenado por improbidade administrativa
Reprodução

O ex-prefeito da cidade de Atalaia, Manoel da Silva Oliveira e a ex-secretária de saúde do município, Michelle da Silva Oliveira, foram condenados por desvio de recursos públicos repassados por meio de contrato firmado com o Ministério da Saúde.

O repasse tinha como objetivo a construção de uma Unidade de Pronto Atendimento 24h (UPA), no ano de 2013.

O valor inicial destinado, em setembro de 2013, para a etapa inicial das obras de construção da UPA, foi correspondente a 10% do valor total do contrato (R$ 2.200.000,00).

Todo o valor transferido foi debitado da conta, comprovado pela análise dos extratos da conta bancária, mas a unidade nunca saiu do papel.

A Justiça Federal condenou os réus à suspensão dos direitos políticos pelo período de três anos; ao pagamento de multa 10 vezes o valor da remuneração percebida por eles, acrescido de juros de mora de 1% ao mês com correção monetária.; e proibição de contratar com o Poder Público ou ainda receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, por três anos.

Atalaia condenado ex-prefeito federal improbidade justiça UPA

Veja Também

Comentários