assembleia legislativa

Deputados apelam para presidente do TJ sobre despromoções na PM

No dia 17 julho uma decisão do Judiciário despromoveu 1.200 policiais

POR: Marcos Filipe Sousa
Assembleia Legislativa de Alagoas
Google

Parlamentares apelaram na tarde desta quinta-feira (29) ao presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL), desembargador Tutmés Airan, para que revogasse a decisão judicial que despromoveu 1.200 militares.

O despacho ocorreu no dia 17 de julho um processo em que determinou as despromocões de oficiais e praças da Polícia Militar (PM). As promoções estavam ocorrendo com o processo ainda em tramitação, onde o Estado alega não ter condições de realizar todas de uma única vez.

O deputado Francisco Tenório (PMN) pediu que o desembargador refletisse sobre o tema que já a mudança na patente ocasionou mudança nos salários, o que estava prejudicando os militares.

Junto com ele, Cabo Bebeto (PSL), chegou a citar que alguns policiais já pensaram em tirar a própria vida. “A mudança repentina no salário causou desespero, muitos compraram casas, outros empréstimos. A diferença no erário foi grande”.

Na decisão, o presidente do TJAL afirmou que a quantia gasta com as promoções trazia grave lesão à economia do Estado por ter intensidade e proporções suficientes para causar "sérios danos ao equilíbrio financeiro das contas públicas e do planejamento público".

Deputados despromoções militares Tutmés Airan

Veja Também

Comentários