educação

Rui Palmeira premia escolas com melhores resultados no Ideb

Três escolas com melhor nota receberam R$ 10 mil

POR: Redação, com assessoria
Rui Palmeira parabenizou os novos gestores das escolas municipais
Pei Fon/ Secom Maceió

O prefeito Rui Palmeira, o vice-prefeito Marcelo Palmeira e a secretária municipal de Educação, Ana Dayse Dorea, empossaram, nesta quinta-feira (29), 96 novos gestores de escolas municipais, eleitos pela comunidade escolar. Durante a cerimônia, as três escolas com a melhor nota no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) receberam o Prêmio por Resultado no valor de R$ 10 mil. Ex-diretores também foram homenageados.

Rui Palmeira pontuou que o momento foi de acolhida e de expectativa para os novos trabalhos. “Estamos aqui para legitimar os escolhidos pela comunidade escolar, professores, demais servidores e pais de alunos. Isso é importante, referenda e dá legitimidade a esses diretores. É um momento de nos congratularmos com esses novos gestores que vão comandar as escolas do município nos próximos anos”, disse o prefeito.

O gestor também citou reconhecimento ao falar da premiação que foi criada pela Lei Municipal 6.928. “A Prefeitura irá fazer o repasse dos valores do prêmio para as escolas que atingiram ou ultrapassaram as notas do Ideb e me orgulha muito saber que Maceió passou da penúltima para a quarta colocação nas notas. Estamos reconhecendo todo esforço e desempenho. Com esses recursos, os diretores vão equipar suas escolas”, ressaltou Rui.

O vice-prefeito Marcelo Palmeira lembrou a importância dos gestores escolares e destacou que o prêmio é um estímulo para a Educação alcançar ainda mais avanços. “Os 96 novos diretores e vice-diretores das mais diversas escolas da nossa cidade são uma representatividade muito importante, porque são eles que conduzem toda a atividade escolar no Município e com certeza estão prontos para prestar os melhores serviços para os nossos alunos. E o prêmio estimula cada vez mais o crescimento do nosso Ideb. Incentivando os diretores, os professores, a escola e os alunos vamos conseguir chegar ao nosso objetivo”, ressaltou.

Escolha democrática e homenagem. É assim que a secretária municipal de Educação exalta os dois momentos. “Os novos diretores são lideranças que surgem dentro da escola e foram escolhidos pela comunidade escolar e respeitamos essa importante escolha. Nós damos todo o apoio necessário para que os candidatos tenham uma experiência na gestão de uma escola, participem de debates e se capacitem. E o prêmio é motivo de muita alegria para todos nós, pois quem faz e muda os indicadores são as escolas, é lá que tudo acontece e por isso é muito importante homenageá-las”, relatou.

Uma das diretoras eleitas é Marizilda Barros Bezerra, agora gestora da Escola Municipal Professora Hévia Valéria, no Village Campestre. Ela é professora há 22 anos na unidade de ensino. “A expectativa é atender a comunidade que depositou toda confiança através do voto e solucionar as demandas que surgirem. O nosso objetivo é promover uma educação de qualidade sabendo que a escola tem a função social de melhorar a sociedade na qual ela está inserida. Moro no conjunto e conheço a comunidade escolar, que participa efetivamente das atividades da escola  e vai continuar auxiliando no que for necessário”, disse a nova diretora.

A posse dos 96 diretores, no Auditório Oscar Sátyro, do Instituto Federal de Alagoas (Ifal), foi simbólica já que o mandato começou imediatamente após a publicação no Diário Oficial do Município (DOM) das portarias de nomeação assinadas pelo prefeito Rui Palmeira no dia 29 de julho, seguindo o encaminhamento da Secretaria Municipal de Educação (Semed).

Durante a solenidade, os gestores também homenagearam ex-diretores. Alex Sandro Santos Vieira esteve à frente da Escola Municipal Dr. Orlando Araújo, na Ponta Verde, por dois mandatos e disse se sentir reconhecido.  “Viver esses momentos com a minha comunidade foi uma experiência muito rica na minha vida profissional. Não é fácil, mas com planejamento e ações conseguimos alcançar as metas. A equipe foi muito dedicada e o apoio da Semed foi muito importante durante o processo”, contou.

Premiação

O Prêmio por Resultado contemplou a Escola Municipal Elma Marques Curti (Benedito Bentes), que atingiu 6.9 no Ideb, a Escola Municipal Monsenhor Antônio Assunção Araújo (Serraria), que alcançou 6.8, e em terceiro lugar ficou a Escola Municipal Cícero Dué da Silva (Cidade Universitária), com o Índice em 6.4 . Cada escola recebeu R$ 10 mil. O dinheiro será destinado a adquirir equipamentos de pequeno porte e de material para formação continuada dos profissionais da escola.

Luciane Rodrigues Fonseca é diretora da Escola Municipal Elma Marques Curti e observa que o reconhecimento colabora para o bom desempenho da unidade. “É um privilégio muito grande essa premiação, porque só colabora e incentiva as escolas. Independente do valor, ele dá liberdade para que possamos melhorar a prática pedagógica da escola”, comentou.

O reconhecimento foi criado pela Lei Municipal 6.928 e é destinado às escolas da Rede Municipal que atingirem média a partir de 5 no Ideb. As unidades poderão receber entre R$ 8 mil e R$ 20 mil, definidos pelos os níveis obtidos no Ideb.

Escolas Ideb prefeito Rui Palmeira

Veja Também

Comentários