CULTURA

Grupo especial encerra o 27º Festival de Bumba Meu Boi

Festival de Bumba Meu Boi é uma realização da Prefeitura de Maceió

POR: Secom Maceió
O 27º Festival Bumba Meu Boi aconteceu no Estacionamento do Jaraguá
Pei Fon/ Secom Maceió

A batida dos tambores é o que dita o ritmo da coreografia dos bumbas meu boi, que se apresentaram na arena montada no Estacionamento do Jaraguá para a 27ª edição do Festival de Bumba Meu Boi de Maceió. Nesse sábado (31), o evento seguiu com os grupos da categoria especial: Força Bruta, Águia, Africano, Trovão, Águia de Ouro, Fênix, Diamante, Axé, Lacrau, Bumbá Alagoano e Vingador.

Alef Gomes é um dos membros da bateria do Boi Força Bruta, do Vergel do Lago. Ele estava emocionado com a apresentação e ansioso pelo resultado. “Para gente é um sonho chegar até aqui e mostrar nossa arte para as pessoas. Viemos para fazer o nosso melhor e dá uma emoção que não consigo nem explicar entrar na arena e ver tanta gente para assistir. Somos uma família e para mim é um orgulho tocar aqui hoje”, contou.

Thiago Carneiro é paulista, mas se diz maceioense de coração. Ele foi conferir as apresentações e levou a filha Maria Luiza, de 04 anos. “É uma manifestação cultural belíssima e acho importante trazer minha filha para conhecer a nossa cultura, as nossas raízes. É a primeira vez que venho para um festival de Bumba Meu Boi e estamos encantados. Ela está super animada e ansiosa para ver mais”, disse.

Neste ano, o evento contou com a participação de 20 grupos e cada apresentação teve em média 30 minutos de duração. Segundo o diretor de Produção Cultural da Fundação, Keyler Simões o Bumba Meu Boi é o folguedo que mais cresce no Estado. “Temos que incentivar esse folguedo para, através dele, dar visibilidade à nossa cultura e possibilitar a criação de um ambiente sadio de concorrência. Esse é o segundo dia de Festival e é muito bom ver as arquibancadas lotadas é a arena animada”, destacou.

A professora Ângela Nascimento compareceu ao evento e ressaltou a importância do Festival. “Fiquei muito surpresa com a beleza. É uma oportunidade para todos conhecerem essa manifestação cultural tão linda. É a primeira vez que venho assistir o Bumba Meu Boi, mas virei mais vezes e com certeza chamarei mais gente para ver. Eu não sabia que era assim, temos que quebrar esse preconceito e prestigiar os festivais de cultura popular”, declarou.

O Festival de Bumba Meu Boi é uma realização da Prefeitura de Maceió, por meio da Fundação Municipal de Ação Cultural (Fmac), e da Liga de Bumba Meu Boi. Na sexta-feira (30), se apresentaram os grupos Imperador, Treme-Terra, Dragãozinho, Kimera, Anaconda e Pérola, do grupo de acesso, além do Cobra Negra, Tigre e Cão de Raça, do grupo especial.

O Festival é uma das ações do Projeto Ginga Maceió, que está viabilizando a realização de diversas iniciativas culturais em Maceió, a exemplo do Ginga Capoeira e dos eventos Xangô Rezado Alto, Saurê Palmares e Festa das Águas, por meio de uma emenda parlamentar do então deputado federal Ronaldo Lessa.

Além de fomentar os grupos participantes com ajudas de custo através de edital, o Município viabilizou a estrutura do festival.

O resultado do evento será divulgado nesta segunda-feira (02).

Bumba Meu Boi Festival de Bumba Meu Boi Jaraguá

Veja Também

Comentários