tv

Monalisa Perrone fez exigência para assinar com a CNN Brasil

Apesar de nunca reclamar do horário ingrato, Perrone não escondia o descontentamento em torno da rotina

POR: RD1
Apesar de nunca reclamar do horário ingrato, Perrone não escondia o descontentamento em torno da rotina
Reprodução

Âncora do “Hora Um” por quase cinco anos, Monalisa Perrone demonstrou que estava de fato cansada de dar expediente nas madrugadas da Globo. Ao assinar com a CNN Brasil, ela colocou uma exigência em contrato. 

De acordo com o site Notícias da TV, a jornalista acertou por cláusula que não pode trabalhar, em hipótese alguma, entre 0h e 8h. O acerto acontece após ela passar os últimos cinco anos iniciando o seu expediente por volta de 1h da madrugada. 

Apesar de nunca reclamar do horário ingrato, Perrone não escondia o descontentamento em torno da rotina de ter que estar na cama por volta de 17h e acordar às 23h. Aos amigos, a nova contratada do novo canal de notícias brasileiro já havia desabafado sobre a dificuldade de estar plena às 4h. 

O passe da profissional trouxe um pacote de vantagens que tornou a proposta irrecusável, como um salário maior do que recebia na Globo e a apresentação de um jornal no horário nobre, associada a uma marca que é referência de jornalismo no mundo todo. 

Ainda segundo a publicação, a Globo não aceitou tão facilmente a demissão da apresentadora. Além de cobrir a oferta da concorrente, Cristina Piasentini, diretora de Jornalismo da Globo em São Paulo, também ofereceu uma oportunidade para migrar para o entretenimento, contanto que aceitasse continuar, pelo menos por enquanto, na posição que exercia até então. 

CNN Contrato Monalisa

Veja Também

Comentários