anuário da violência

Cresce o número de estupros em Maceió, homicídios contra LGBTI+ aumentam

Dados são do 13º Anuário Brasileiro de Segurança Pública

POR: Marcos Filipe Sousa
Casos no Estado diminuíram nos últimos dois anos
Ilustração

Em 2018, Maceió atingiu aumento nos registros de estupros. Foram 199 casos contra 185 no ano anterior, segundo dados do 13º Anuário Brasileiro de Segurança Pública divulgado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública nesta terça-feira (10).

Já em nível nacional, foram 66.041 vítimas, sendo 31,7 por 100 mil habitantes. São Paulo teve 2.590 no ano passado, como a capital que mais registrou esse tipo de crime, já Rio Branco a menor com 44 casos.

Do outro lado, o número de estupro em Alagoas diminuiu. Em 2018 foram 688 contra 1.485 casos em 2017. Também ocorreu diminuição nas tentativas, foram 60 contra 127.

Também ocorreram aumento no número de homicídios dolosos contra LGBTI+ no Estado. Em 2017 foram 12 casos, já em 2018 subiu para 14.

Apenas Alagoas e mais nove estados apresentaram os dados referentes a registros de homicídios dolosos contra população LGBTI+.

Alagoas casos estupro homicídio LGBT Maceió

Veja Também

Comentários