cidade

Imóveis abandonados passam por vistorias e são interditados

O objetivo da ação é conscientizar os proprietários dos problemas causados por imóveis

POR: Assessoria
Agentes enfrentam obstáculos durante inspeção.
Neno Canuto – Ascom SMS

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio da Diretoria de Vigilância em Saúde (DVS) e da Coordenação de Controle de Vetores e Animais Peçonhentos, passou a integrar, nesta terça-feira (10), o Programa de Combate aos Imóveis Fechados e Abandonados em Maceió. O objetivo é identificar problemas relacionados a vetores causadores de doenças e animais peçonhentos, notificando e autuando irregularidades em ambientes que podem causar riscos à saúde da população.

Lançado hoje, o Programa reúne vários órgãos da Prefeitura, tendo na coordenação das atividades a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente (Sedet), integrada ao trabalho de campo, juntamente com as equipes das secretarias municipais de Saúde e de Segurança Comunitária e Convívio Social (SEMSCS), além da Superintendência de Desenvolvimento Sustentável (SUDES).

O objetivo da ação – que será realizada todas as terças-feiras, por tempo indeterminado – é conscientizar os proprietários dos problemas causados por imóveis (terrenos e edificações) nessa situação, reduzindo os riscos de proliferação de doenças, a insegurança na região onde estão localizados e a necessidade de uma intervenção maior por parte dos serviços da Prefeitura.

“Estaremos trabalhando com nossas equipes de endemias integradas aos demais órgãos da Prefeitura, notificando e autuando qualquer irregularidade ambiental que represente risco à saúde, que motivam muitas das denúncias que recebemos por meio do Disque Dengue”, afirma a coordenadora de Controle de Vetores e Animais Peçonhentos da SMS, Carmem Samico. “Agora, com o suporte das demais áreas, poderemos obter soluções mais efetivas para esse tipo de problema, muito comum aqui em Maceió.”

De acordo com a secretária Rosa Tenório, da SEDET, mais de 500 imóveis já foram mapeados no município em situação de abandono ou fechados, e cerca de 170 deles mapeados, com a identificação de seus proprietários. Destes, cerca de 140 ficam na região central de Maceió. Ela garante, no entanto, que todos os locais serão visitados e seus proprietários notificados a apresentar defesa ou realizar medidas de recuperação desses imóveis.

As equipes de endemias da SMS – que atuaram na identificação de imóveis já cadastrados pelas equipes nas visitas de rotina, no geoprocessamento de informações e na elaboração do conteúdo do Programa na sua área de atuação – estarão agora reforçando as ações semanais do grupo. Na ação de hoje, os agentes de endemias realizaram inspeções por toda a área do Ecopark, na Serraria; em três imóveis na Praça Centenário, no Farol; e na Ponta Verde.

abandonados imóveis Maceió vistoria

Veja Também

Comentários