EM MACEIÓ

Esquecido na tomada, celular provoca incêndio e bombeiros alertam

Fato ocorreu em uma residência no Tabuleiro do Martins, em Maceió

POR: Redação, com assessoria
Incêndio atinge residência em Maceió
CBMAL

Guarnições do Corpo de Bombeiros (CBMAL) foram acionadas, na madrugada desta quarta-feira (11), para debelar um incêndio em uma residência localizado na Avenida General Walfrido Jerônimo da Rocha, no bairro do Tabuleiro do Martins, em Maceió. O fogo foi controlado com a ajuda dos vizinhos antes da chegada dos militares ao local.

As chamas foram provocadas possivelmente por um carregador de celular que estava conectado na tomada e esquecido em cima do sofá. Segundo os bombeiros, além do sofá, o fogo atingiu móveis que estavam próximos. "O fogo ficou restrito  a sala do imóvel, atingindo também parte do forro do teto que era de PVC", informou.

Apesar do susto, ninguém ficou ferido.

Alerta

O Corpo de Bombeiros alerta para que as pessoas não deixem celulares carregando e saiam dos ambientes em que estão. Também lembram que não é seguro utilizar os aparelhos telefônicos ao mesmo tempo em que ele está sendo carregado, o que é uma prática bastante perigosa. E recomendam que as pessoas evitem carregadores piratas, visto que são mais propícios a provocar choques elétricos e até incêndios, visto que não seguem as orientações do fabricante nem as regras de segurança previstas pela legislação específica.

"É de extrema importância que os consumidores busquem utilizar esses itens de procedência original. No momento em que estiver sendo feita a recarga, o indicado é que o celular seja mantido sobre uma superfície rígida, arejada, seca, e que dificulte a propagação de incêndio, ficando assim distante de materiais de fácil combustão (plásticos, móveis de madeira, itens de espuma, tecidos). Deve-se evitar também o uso de muitos aparelhos ligados ao mesmo tempo em uma tomada e evitar manter os celulares carregando durante a noite toda e até mesmo sair de casa e deixar o aparelho sendo carregado. Caso ocorra um curto circuito, os riscos de incêndio aumentam e as chamas se propagam mais facilmente em contato com esses materiais", informou os bombeiros.

Recomendações

O Corpo de Bombeiros recomenda que, sempre que possível, seja desligada a fonte de energia do local e, se houver vítima, que a mesma não seja diretamente tocada. O correto é que ela seja afastada da fonte elétrica com ajuda de objetos não condutores e secos, como o plástico, madeira e borracha – para que não haja risco de a outra pessoa também ser vítima do choque.  Vale ressaltar a importância de sempre ligar para o 193 nos casos desses tipos de ocorrências de incêndios (com ou sem vítimas).

bombeiros carregador celular Incêndio

Veja Também

Comentários