Em risco

Festival de Cinema do Rio faz apelo e corre o risco de ser cancelado neste ano

No Facebook, organizadores alertaram sobre o perigo do evento não existir

POR: Uol Notícias
Walter Salles e Fernanda Montenegro prestigiam os 20 anos de Central do Brasil no Festival do Rio 2018
Reprodução

Os organizadores do Festival de Cinema do Rio fizeram um apelo público hoje para que a edição de 2019, com data prevista de 7 a 17 de novembro, seja realizada. Em post no Facebook, eles afirmaram que buscam parceiros financeiros e, caso não encontrem apoio, o evento corre o risco de ser cancelado. 

"Após 20 anos de existência e sucesso de realização para o audiovisual brasileiro e internacional - [o Festival do Rio] passa por seu maior desafio em termos financeiros. Estamos buscando apoio junto a várias empresas e parceiros com interesse na viabilidade do Festival do Rio e que apostam também no Estado e na Cidade do Rio de Janeiro", escreveram os organizadores.

"No entanto, vivemos a possibilidade real de cancelamento do nosso evento, com todas as perdas que tal decisão acarretará para o cinema brasileiro, para todo o mercado audiovisual e ainda para cidade e o país. Decidimos tornar pública e oficial esta realidade, pois dentro de poucos dias, chegará o momento de bater o martelo caso não tenhamos os recursos necessários para a realização, ainda que em formato compacto, do Festival do Rio. Este é um apelo final!", completaram.

O Festival do Rio é uma dos mais importantes eventos do audiovisual brasileiro, em que são distribuídos 11 prêmios pelo júri oficial. Ano passado, foram 200 produções de 60 países, incluindo o vencedor da Palma de Ouro, Assunto de Família. A edição anterior também foi responsável por homenagear o aniversário de 20 anos de Central do Brasil, que contou com a presença do diretor Walter Salles e da atriz Fernanda Montenegro.

cinema dificuldades Fernanda Montenegro Festival de Cinema do Rio

Veja Também

Comentários