Depoimentos

“Não vou ter mais o filho em meus braços”, diz mãe de motociclista morto

POR: 7Segundos , Tv Ponta Verde
Mãe falou bastante emocionada antes de prestar depoimento
Reprodução/ TV Ponta Verde

Momentos de comoção durante o depoimento dos familiares do padeiro Marcos Firmino dos Santos, morto no último final de semana, na Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) nesta quarta-feira (25).

Parentes e amigos foram ouvidos pela delegada Tacyane Robeiro no inquérito que investiga os disparos efetuados pelo Cabo Clevisson de Almeida e que atingiram o padeiro.

“Era um rapaz trabalhador, nunca deixou faltar nada para os filhos e nunca esteve em uma delegacia. Só Deus para ter misericórdia de mim. Eu não vou ter meu filho mais nos meus braços”, disse Quitéria, mãe de Marcos.

A esposa, muito abalada, pedia justiça. “Ele [o militar] não é um homem, é uma máquina de matar”.

A delegada reforçou a tese de homicídio doloso. “Ele assumiu o risco de atingir um inocente e foi o que aconteceu”.

Áudios pedindo ajuda

Estão circulando nas redes sociais um áudio de Cabo Clevisson de Almeida pedindo ajuda a outros militares para pagar os advogados. Ele diz que esse tipo de situação pode acontecer com qualquer outro militar, e por isso precisa do apoio dos colegas de farda.

Assassinato depoimentos família motociclista PC

Veja Também

Comentários