JUSTIÇA

28ª Vara da Infância conduz 66 audiências em sete abrigos durante outubro

Objetivo é ouvir as crianças e adolescentes, analisar os casos e avaliar a possibilidade de reinseri-los na família natural ou encaminhá-los para adoção

POR: Dicom TJ/AL
Juíza Fátima Pirauá durante audiência no abrigo Deus Proverá, em outubro de 2018
Dicom TJ/AL

A 28ª Vara Cível de Maceió (Infância e Juventude) realizará 66 audiências durante o mês de outubro, em sete abrigos de menores da Capital. O número de crianças a adolescentes envolvidos é ainda maior, já que alguns processos tratam de mais de um menor, quando são irmãos.

As chamadas audiências concentradas são uma recomendação do Conselho Nacional de Justiça. Elas acontecem nos próprios abrigos por questões logísticas e para favorecer o bem-estar dos menores.

O objetivo é ouvir as crianças e adolescentes, analisar os casos e avaliar a possibilidade de reinseri-los na família natural ou encaminhá-los para adoção. As audiências ocorrerão sempre a partir das 9h, sob a condução da juíza Fátima Pirauá, titular da unidade.

Confira o cronograma:

07 e 08/10 – Abrigo Institucional Acolher

09/10 – Luzinete Soares

14 e 15/10 – LACA

16 e 17/10 – Lar Batista Marcolina Magalhães

21/10 – Rubens Colaço

23/10 – Centro Socioeducativo Deus Proverá

9/10 – Casa Lar.

28ª Vara da Infância abrigos Audiências

Veja Também

Comentários