PINHEIRO

‘Motorista’ preso com 250kg de maconha traficava a mando de detentos

Detalhes foram repassados durante entrevista coletiva, nesta quarta-feira (09)

POR: 7Segundos, com assessoria
Droga apreendida
Ascom SSP/AL

Uma operação integrada da Secretaria da Segurança Pública de Alagoas (SSP/AL) realizada nesta terça-feira (08) resultou na prisão de um homem e apreensão de 251 kg de maconha, no bairro do Pinheiro, em Maceió. Os detalhes da ação foram divulgados durante coletiva de imprensa, na manhã desta quarta-feira (09).

Os trabalhos de investigação começaram há cerca de dois meses. Segundo o delegado Gustavo Henrique, titular da Delegacia de Narcóticos (DNARC), José Joaquim Ferreira Neto, de 26 anos, trabalhava disfarçado como motorista de aplicativo, para fazer entregas de entorpecentes para dois reeducandos do Sistema Prisional, e alugou uma residência no Pinheiro, que servia como depósito de drogas.

“Nós obtivemos os dados do veículo que o José Joaquim utilizava, um Pálio de cor prata, e isso facilitou bastante para que, através do veículo, nós acompanhássemos o passo a passo dele. Com isso, descobrimos o local onde ele estava guardando os entorpecentes e, ao ser feita a incursão na casa, confirmamos que ele estava dentro da residência com grande parte da droga em um dos cômodos e cerca de 30 kg dentro da mala do veículo para fazer uma das entregas”, afirmou.

Ainda segundo o titular da DNARC, a droga apreendida, avaliada em 300 mil reais, veio do estado de Sergipe e seria distribuída nos bairros do Benedito Bentes, Clima Bom e Santos Dumont. José Joaquim já respondeu processo pelo crime de homicídio.

O secretário da Segurança Pública, Lima Júnior, ressaltou a importância da política de integração adotada pela SSP. “Essa não é a primeira apreensão desse porte que realizamos em Alagoas e, sem dúvida, a integração das forças policiais é que resulta nesse excelente trabalho. Essa apreensão não só retira de circulação uma quantidade significativa de droga que seria consumida por vítimas do tráfico como também desestabiliza as organizações criminosas”, disse.

Participaram da operação policiais da DNARC, Batalhão de Polícia de Guarda (BPGd) e os serviços de Inteligência da Polícia Militar (2ª Seção) e da SSP.

droga maconha motorista de aplicativo Pinheiro

Veja Também

Comentários