POR DESAVENÇA

Ex-nora é apontada como mandante do assassinato de mulher na Gruta de Lourdes

Vizinho de suspeita também participou do crime; executor está foragido

POR: 7Segundos
Homem suspeito de executar mulher na Gruta de Lourdes está foragido
Reprodução/ Vídeo

Daniela Michela Gonçalves da Silva, de 25 anos, a principal suspeita de matar uma mulher no bairro Gruta de Lourdes, é ex-nora da vítima, Ana Paula Justino, de 46 anos. A informação foi confirmada pelo delegado Bruno Emílio.

Segundo a Polícia Civil, as duas tinham desavenças por causa do relacionamento conturbado entre Daniela Michela e o filho da vítima.

Além da mandate do crime, Romenick Rosalino da Silva, 24 anos, também está preso. Ele é vizinho de Daniela e a polícia acredita que ele teria dirigido o carro no momento do assassinato.

De acordo com Bruno Emílio, eles chegaram até a dupla por causa de imagens do circuito de segurança que mostram o carro utilizado no crime, em nome Romenick Rosalino.

Ele chegou a registrar um Boletim de Ocorrências, mas se contradisse com o horário do roubo. A polícia também acabou descobrindo que ele era vizinho de Daniela.

Uma terceira pessoa, que não teve o nome revelado, é apontado como executor do crime e está foragido.

Assassinato ex-nora Gruta de Lourdes

Veja Também

Comentários