INVESTIGAÇÕES

Caso Danilo: Polícia Civil nomeia comissão para investigar morte

Corpo foi encontrado sem vestígios de sangue no bairro Clima Bom

POR: Redação, com assessoria
Família de de Danilo de Almeida Campos, 7 anos, durante o sepultamento da criança
Cortesia

A Delegacia Geral da Polícia Civil de Alagoas está nomeando uma comissão composta por três delegados para dar sequência as investigações do caso do garoto Danilo Almeida, de 7 anos, encontrado morto no bairro do Clima Bom, em Maceió.

Os delegados Eduardo Mero Campos, coordenador da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Bruno Emílio, integrante da especializada, e Fábio Costa, diretor da Gerencia de Recursos Especiais (GRE), compõem a comissão responsável em apurar o caso.

A portaria com a designação deverá ser publicada no Diário Oficial do Estado (DOE), na edição desta sexta-feira (18).

O caso

Danilo desapareceu na tarde de sexta (11), ao sair de casa  acompanhado do irmão gêmeo para levar um garfo para o padrasto em uma oficina perto de casa, porém se distraiu com uma banda de fanfarra e resolveu acompanhar o desfile. Nesse momento, segundo o irmão, ele foi levado por uma mulher de cabelo verde em uma bicicleta. 

Desesperados, familiares da criança foram a delegacia e registraram um Boletim de Ocorrência. Mais tarde, moradores do bairro fizeram um mutirão para tentar localizar a criança, que foi encontrada sem vida em um beco conhecido como 'Beco da Malia'.

O corpo de Danilo apresentava perfurações de faca na região da cabeça e do pescoço, porém sem vestígios de sangue, o que indica que havia sido 'limpo' antes de ser abandonado. 

Comissão Danilo Almeida delegados Polícia Civil

Veja Também

Comentários