DOMINGO (03)

Arcebispo de Maceió convida para a Marcha das Famílias Contra as Drogas

Em Alagoas, a Federação Recriar é uma das organizadoras do Evento

POR: Ascom Arquidiocese
Arcebispo de Maceió convida para a Marcha das Famílias Contra as Drogas
Divulgação

Com o intuito de chamar a atenção do Supremo Tribunal Federal (STF) para uma ação que pode descriminalizar o uso de drogas no país, acontece neste domingo (03) a Marcha das Famílias Contras as Drogas na orla de Maceió.

O arcebispo de Maceió, Dom Antônio Muniz, convida todo o povo de Deus para este momento. “Estou convocando todas as famílias, jovens e pessoas de boa vontade que queiram dizer sim à vida e não as drogas”.

A concentração ocorre no Corredor Vera Arruda, na Jatiúca, às 9h, seguindo para o antigo “Alagoinhas”, na Praia de Ponta Verde.

Em Maceió, a responsável pela organização do evento será a Federação RECRIAR, que cuida do tratamento e acolhimento de dependentes químicos em todo o Estado.

O julgamento da descriminalização de uso pessoal de todos os tipos de drogas está marcado para 6 de novembro. O tema começou a ser abordado pelo STF em 2015, quando três dos 11 ministros se manifestaram sobre o tema. 

Atualmente no país, uma a cada três pessoas que estão presas foram detidas em razão de drogas de acordo com o IBGE. Fora isso, quase 10% da população já admitiu ter usado drogas ilícitas, o que dá quase 20 milhões de pessoas. 

“A marcha tem como objetivo conscientizar as famílias, e a população em geral, sobre o grande risco que o País corre caso descriminalize o uso de drogas. Existem vários estudos que comprovam que nos países onde houve liberação de drogas aumentou-se consideravelmente o uso entre os jovens, principalmente da maconha, e nós não podemos permitir que esse cenário, que já é tão cruel, possa atingir ainda mais pessoas”, disse Cauê Castro, coordenador do evento.

A Federação da Rede Cristã de Acolhimento e Recuperação de Dependente Químico do Estado de Alagoas (Recriar) é uma organização sem fins lucrativos tendo como presidente Dom Antônio Muniz, que une representantes de igrejas cristãs com o objetivo de acompanhar e promover as comunidades terapêuticas que acolhem e ajudam no tratamento de dependentes químicos.

arcebispo de Maceió domingo (03) Federação Recriar Marcha das Famílias Contra as Drogas

Veja Também

Comentários