APÓS DECISÃO

Prisão em 2ª instância: Renan comemora e Cunha prevê “aumento de impunidade”

Senadores alagoanos se manifestaram pelas redes sociais

POR: 7Segundos
Senadores alagoanos comentaram decisão por meio do Twitter
Agência Senado

Após o Supremo Tribunal Federal (STF) derrubar a possibilidade de prisão de condenados em segunda instância na noite dessa quinta-feira (07), os senadores alagoanos Renan Calheiros (MDB) e Rodrigo Cunha (PSDB) comentaram a decisão pelas redes sociais.

Renan Calheiro disse que o STF acertou. “A regra é clara: ninguém será considerado culpado até o trânsito julgado. Prisão antes do fim dos recursos virou mecanismo político de tortura e pressão”, escreveu.

Por meio do twitter, Rodrigo Cunha avaliou que a decisão irá aumentar o nível de impunidade e insegurança.

“Um dos principais combustíveis para a violência e a corrupção é a impunidade. Com a decisão de hj do STF aumenta o nível de insegurança e impunidade em todo país, onde condenados já em 2a instância ganham mais brechas para fugirem do cumprimento da pena”, disse.

Cunha também afirmou que agora cabe ao Legislativo cumprir seu papel e dar “seguimento a PEC para mudar esse cenário”.

prisão em 2ª instância Renan Calheiros Rodrigo Cunha

Veja Também

Comentários