Na Bienal

?Crianças de abrigo em Murici participam de oficinas e brincadeiras na Bienal

Juíza Emanuela Porangaba destacou a importância da atividade: ‘A ideia é mostrar que existe um mundo que elas podem trilhar além da realidade que vivenciaram’

POR: Assessoria
Crianças que vivem no abrigo Casa Lar, em Murici, conheceram a Bienal do Livro, nesta sexta (8)
Maikel Marques

Na manhã desta sexta-feira (8), 19 crianças e adolescentes acolhidos no abrigo Casa Lar, em Murici, participaram de oficinas e brincadeiras na 9ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas, que acontece no bairro Jaraguá, em Maceió. A visita foi acompanhada pela juíza Emanuela Porangaba, titular da comarca.

Para a magistrada, a oportunidade pode despertar novos olhares nas crianças. “A ideia é mostrar que existe um mundo que elas podem trilhar além da realidade que vivenciaram e o que melhor, se não a leitura? Eu digo para eles que eles podem ser exatamente o que quiserem e começa pela leitura, para eles verem que tem outra realidade”, destacou.

A assistente social Eloana Lopes, coordenadora da Casa Lar, contou que a animação entre as crianças era grande. “A gente fez um roteirozinho com autores alagoanos, alguns livros a gente já começou a trabalhar com eles, então eles já começaram a despertar essa questão da leitura. A expectativa foi aumentando cada vez que a gente trabalhava e hoje estão realizados, muito felizes”, explicou.

Aos 9 anos, o pequeno Luanderson ficou encantado com o passeio. “Eu brinquei de pintar, estudei, li livros, escutei histórias. Foi muito bom!”.

O abrigo Casa Lar recebe menores de zero a 18 anos que estiveram em situação de vulnerabilidade social e os acolhe até que sejam encaminhados para adoção.

7 segundos abrigo Alagoas Bienal brincadeiras carentes casa Crianças diversão doações lar livro Maceió Murici Oficinas

Veja Também

Comentários