AO JUDICIÁRIO

Rodrigo Cunha pede urgência em solução para os bairros Pinheiro, Mutange e Bebedouro

Solicitação foi feita durante o XIII Encontro Nacional do Poder Judiciário

POR: Assessoria
Senador Rodrigo Cunha
Assessoria

O senador Rodrigo Cunha participou ontem como palestrante do XIII Encontro Nacional do Poder Judiciário, em Maceió. No evento, alertou a todos os presentes sobre a urgência de se resolver a situação dos cerca de 40 mil moradores do Pinheiro, Mutange, Bebedouro e Bom Parto, que estão com suas vidas suspensas desde que o solo da região começou a ceder. 

Em sua fala, Rodrigo pediu bom senso do Judiciário na busca de uma solução que não resulte na espera das famílias por soluções que podem se estender por anos e anos na Justiça. 

“Aproveito este momento para chamar atenção para um problema que já vem afligindo a população dos bairros do Pinheiro, Mutange e Bebedouro há algum tempo: o afundamento do solo naquela região. Temos aqui grandes mentes nacionais, tenho certeza de que podem achar uma solução para essa questão”, pontuou o senador alagoano. 

Rodrigo Cunha falou ainda sobre a situação das obras de creches paralisadas por todo o país, tema que tem pautado sua atuação no Senado Federal. Ele elogiou a iniciativa de o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) ter incluído a fiscalização das obras das creches no diagnóstico anual que realiza. E pediu para que as unidades de ensino da primeira infância sejam priorizadas. O senador também tratou da importância da independência e harmonia dos três Poderes.

 “Um alinhamento de direcionamento entre Executivo, Legislativo e Judiciário, sem perder de vista a necessária separação e independência destes, é, ao meu sentir, a pedra de toque da democracia e estrada mais segura e rápida para efetivarmos os ideais constitucionais”, defendeu o senador Rodrigo.

O Encontro Nacional do Poder Judiciário acontece sob coordenação do CNJ e reúne os presidentes dos 91 tribunais brasileiros. Participaram do evento em Maceió o presidente do Supremo Tribunal Federal, Ministro Dias Toffoli, e o Corregedor Nacional de Justiça, Ministro Humberto Martins.

Bebedouri Mutange Pinheiro Rodrigo Cunha XIII Encontro Nacional do Poder Judiciário

Veja Também

Comentários