EDUCAÇÃO

Projeto Soletrando premia vencedores da Rede Municipal

Os três melhores colocados do Soletrando foram premiados com uma bicicleta, um livro e uma medalha

POR: Ascom Semed
Soletrando premiação
Ascom Semed

A Coordenadoria de Programas Suplementares da Semed promoveu nesta quarta-feira (18) a final do Soletrando. Em 2019, o projeto, que faz parte do Educa Maceió, propôs às escolas o estudo da obra e da história de Lêdo Ivo.  Representantes de 32 escolas compareceram no Cine Arte Pajuçara para a última fase com os alunos vencedores das seletivas das unidades.

Gisella Alves, aluna da Escola Prof. Antídio Vieira, garantiu o primeiro lugar, seguida por Vagner Silva, da Escola Nosso Lar,  e Ana Beatriz de Farias, da Escola Dr. José Haroldo da Costa. Os três primeiros colocados foram premiados igualmente com uma bicicleta, um livro e uma medalha. Todos os estudantes que participaram desta última fase receberam medalha.

“Vemos um resultado progressivo da Língua Portuguesa na rede. É este nível crescente de proficiência que está elevando nossa nota no Ideb”, afirmou a secretária Ana Dayse. “Parabenizo a iniciativa da Coordenadoria de Programas Suplementares em promover o Soletrando para mostrar os resultados concretos do investimento na Educação”, finalizou.

Diferente de outros projetos semelhantes, o Soletrando da Rede Municipal estimula o estudo da Língua Portuguesa para além do dicionário, pois trabalha também com a literatura regional.

Neste ano de 2019, os estudantes se aproximaram da figura de Lêdo Ivo. Nascido em Maceió, o autor de Ninho de Cobras teve projeção internacional com sua obra, a exemplo da condecoração com o Prêmio de Poesia del Mundo Latino Victor Sandoval (México, 2008). Lêdo Ivo preferia se apresentar como jornalista, mas não deixava de escrever poesias, romances, contos, crônicas e ensaios. A história do alagoano foi marcada de reconhecimento por onde passou e o reconhecimento do valor de sua obra fez com que fosse eleito para a Academia Brasileira de Letras.

Falecido em 2012, Lêdo Ivo está imortalizado na memória cultural de Alagoas, o que pode ser comprovado no Soletrando do Educa Maceió em 2019. “O objetivo do Soletrando é, primeiro, desenvolver o hábito de leitura nas crianças; mas também fazê-las conhecer a cultura de sua terra, descobrir a própria identidade. Quando as crianças conhecem os escritores locais se apropriam, se inspiram e começam a formar a sua identidade alagoana”, disse Edileuza Maciel, coordenadora de Programas Suplementares.

O Programa Educa Maceió foi lançado em setembro pela Semed. Neles, a secretaria investe recursos próprios para promover o ensino integral de educação interdisciplinar, relacionando as disciplinas de sala de aula com práticas complementares de arte, esporte, dança, jogos e robótica.

Para saber mais das ações derivadas do Educa Maceió, acompanhe o site da Semed.

Alagoas educação Maceió notícias premiação Soletrando

Veja Também

Comentários