DIÁRIO OFICIAL

Governo decreta situação de emergência em 41 municípios alagoanos

Estiagem é o principal motivo da medida que deve durar 180 dias

POR: 7Segundos
Governo decreta situação de emergência em municípios alagoanos
Divulgação

O governo de Alagoas decretou, nesta terça-feira (14), por meio do Diário Oficial do Estado (DOE), situação de emergência em 41 municípios, pelo período de 180 dias. O principal motivo da medida é a ausência de chuvas que atinge diversas regiões do Estado. O decreto baseou-se em parecer técnico elaborado pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Alagoas (Cedec).

O decreto considera que compete ao Estado a preservação do bem estar da população e das atividades socioeconômicas das regiões atingidas por eventos adversos, bem como a adoção imediata das medidas que se fizerem necessárias para, em regime de cooperação, combater situações emergenciais; a redução das precipitações pluviométricas que continua assolando os municípios do semiárido alagoano para níveis sensivelmente inferiores aos da normal climatológica e a queda intensificada das reservas hídricas de superfície provocada pela má distribuição pluviométrica na região; os impactos decorrentes das perdas significativas na agricultura e agropecuária da região; o alto comprometimento dos reservatórios hídricos locais, ocasionando grandes dificuldades da população no abastecimento d´água para o consumo humano e animal; entre outros.

Os municípios em estado de emergência são: Água Branca, Arapiraca, Batalha, Belo Monte, Cacimbinhas, Canapi, Carneiros, Coité do Nóia, Craíbas, Delmiro Gouveia, Dois Riachos, Estrela de Alagoas, Girau do Ponciano, Igaci, Inhapi, Jacaré dos Homens, Jaramataia, Lagoa da Canoa, Major Izidoro, Maravilha, Mata Grande, Minador do Negrão, Monteirópolis, Olho D’Água das Flores, Olho D’Água do Casado, Olho D’Água Grande, Olivença, Ouro Branco, Palestina, Palmeira dos Índios, Pão de Açúcar, Pariconha, Paulo Jacinto, Piranhas, Poço das Trincheiras, Quebrangulo, Santana do Ipanema, São José da Tapera, Senador Rui Palmeira, Tanque D’Arca e Traipu.

Alagoas Decreto de Emergência Governo de Alagoas Seca

Veja Também

Comentários