caged

Alagoas fecha 2019 com saldo negativo na geração de empregos

Estado gerou emprego, mas não conseguiu segurar as demissões

POR: Marcos Filipe Sousa
Carteira de Trabalho
Marcello Casal/Agência Brasil

Alagoas fechou 2019 com saldo negativo ne geração de emprego com carteira assinada em números absolutos, segundo do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

No mês de dezembro mostra que houve a geração de 6.059 novas vagas de emprego formal no Estado em 2019, do outro lado foram 7.218 trabalhadores demitidos, gerando um saldo negativo de 1.159 pessoas.

Mesmo assim, o Estado ficou na quarta colocação das unidades em que se gerou mais emprego.

O destaque do ano ficou com Serviços, seguido do Comércio e depois a Construção Civil.

As cinco regiões fecharam o ano com saldo positivo. O melhor resultado absoluto foi o da região Sudeste, com a criação de 318.219 vagas. Na região Sul, houve abertura de 143.273 postos; no Nordeste, 76.561; no Centro-Oeste, 73.450; e no Norte, 32.576. Considerando a variação relativa do estoque de empregos, as regiões com melhores desempenhos foram Centro-Oeste, que cresceu 2,30%; Sul (+2,01%); Norte (+1,82%); Sudeste (+1,59%) e Nordeste (+1,21%).

Em 2019, o saldo também foi positivo para todas as unidades da federação, com destaque para São Paulo com a geração de 184.133 novos postos, Minas Gerais, com 97.720, e Santa Catarina, com 71.406.

2019 Alagoas Caged dezembro emprego

Veja Também

Comentários