maceió

MPE cobra explicações da PM sobre atuação de militares em caso de agressão à transexual

Policiais foram acusados de transfobia durante a ocorrência

POR: Marcos Filipe Sousa , Assessoria
Lanna Hellen esteve no Ministério Público do Estado
Assessoria

O promotor de justiça Magno Alexandre Moura, da Promotoria de Justiça do Controle Externo da Atividade Policial, do Ministério Público do Estado (MP-AL) encaminhou à Corregedoria da Polícia Militar e à direção-geral da Polícia Civil ofícios pedindo apuração sobre a conduta dos policiais que atenderam a ocorrência relacionada a Lanna Hellen, vítima de transfobia em um shopping na parte alta da capital.

O Ministério Público quer saber se os militares, delegado e agentes de polícia também praticaram o crime de transfobia. “Cobramos explicações e estamos no aguardo das informações. Quando elas chegarem, vamos analisar as respostas e, só a partir daí, é possível dizer que mais será feito no âmbito da nossa promotoria”, declarou o promotor.

Lanna esteve na manhã desta segunda-feira 927) na sede do órgão, onde os promotores explicaram que estão acompanhando o caso.

Ela foi expulsa do shopping pelos seguranças após ser impedida de usar o banheiro feminino. O caso ganhou as redes sociais após Lanna ser gravada no shopping sendo arrastada pelos seguranças, após fazer um discurso na praça de alimentação do estabelecimento, e sendo expulsa.

Nos âmbitos estadual e municipal existem dois decretos e garantem os direitos das pessoas trans.

banheiro Lei Maceió MP-AL MPE transexual

Veja Também

Comentários