acompanhamento

Boca da Mata: Defensoria estabelecem fluxograma para casos de automutilação

Denúncias foram constatadas pelo Conselho Tutelar e levadas  à Defensoria

POR: Assessoria
Boca da Mata

Após relatos sobre o aumento de casos de automutilação entre crianças e adolescentes, constatados pelo Conselho Tutelar no município de Boca da Mata, a defensora pública Lidiane Monteiro promoveu uma reunião, nessa segunda-feira, 27, com representantes da Secretaria  Municipal de Saúde , representante da Secretaria de Educação e do Conselho Tutelar municipais, com a finalidade de estabelecer medidas para garantir acompanhamento dos jovens e prevenir novos casos. 

Na reunião, ficou estabelecido um fluxograma de atendimento para os casos de automutilação, de forma que os episódios constatados no Município sejam, imediatamente, encaminhados para a rede especializada, que engloba o CAPs e rede de atenção primária, em que  cabe fornecer acompanhamento psicológico, psiquiátrico, assistência social, terapeuta ocupacional à criança e ao adolescente, tendo em vista a necessidade de cada caso. 

Os órgãos se comprometeram, ainda, a estudar novas formas eficazes de combater o aumento de casos e manter a funcionalidade do fluxograma. 

A Defensoria Pública seguirá acompanhando a situação visando salvaguardar a saúde física e psicológica das crianças e adolescentes.

automutilação Boca da Mata casos de Defensoria estabelecem fluxograma para

Veja Também

Comentários