mobilização

Policiais civis farão ato na porta do Hemoal nesta quinta-feira (30)

Em assembleia, categoria decidiu rejeitar proposta oferecida pelo governo

POR: 7Segundos
Ato do Sindpol no Centro de Maceió
Assessoria

Os policiais civis mantiveram a proposta de reajuste do piso salarial com a média nacional e aceitaram discutir a reestruturação do plano de carreiras com a manutenção de direitos. A deliberação ocorreu na assembleia geral extraordinária, realizada pelo Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol) no Clube de Engenharia de Alagoas, na segunda-feira (27). 

O presidente do Sindpol, Ricardo Nazário, fez avaliação positiva da paralisação de 72 horas dos policiais civis, destacando que a grande mobilização pressionou o governo do Estado a negociar uma contraproposta à categoria. O sindicalista também informou que nenhuma decisão será tomada sem a deliberação em assembleia geral dos policiais civis. 

O presidente do Sindpol também solicitou um minuto de silêncio in memorian ao policial civil Dermeval Ricardo Vieira que foi brutalmente assassinado na última quarta-feira (22).

Proposta do Governo

Da proposta do governo, Ricardo Nazário revelou que o secretário de Planejamento e Gestão, Fabrício Marques, rejeitou a proposta de piso salarial de acordo com a média nacional dos policiais civis e propôs a reestruturação do plano de carreiras com a redução do interstício e congelamento do último nível ou a transição de duas classes, o que significaria o policial pular duas classes, mas com redução de 15 para 12% da mudança da classe, além da retirada de mestrado e doutorado da Parte Permanente. 

Deliberação da assembleia

Na assembleia geral, a categoria decidiu aceitar a negociação com o governo, sendo que o Sindpol não abrirá mão do piso salarial da média nacional; não acatará a redução dos 15% de uma classe para outra e aceitará discutir a reestruturação do plano de cargos e carreira, mas mantendo todos os direitos conquistados.

 Ficou decidida a realização de atividades de mobilização toda semana, iniciando com a doação de sangue no Hemocentro de Alagoas (Hemoal), nesta quinta-feira (30), a partir das 8 horas, com café da manhã. “Sempre damos o nosso sangue pela segurança pública da sociedade, e agora vamos doar literalmente o nosso sangue”, informou o presidente do Sindpol.

Foi criada uma comissão, juntamente com a diretoria do Sindpol, para visitar as delegacias e intensificar a campanha pela valorização com o Sindpol Alerta.

Caminhada 

Após o final da assembleia, mais de 500 policiais civis saíram em caminhada até o Palácio do Governo para realização de ato público. A categoria mostrou força e unidade ao Governo do Estado. 

Nesta terça-feira (28), a diretoria do Sindpol oficializará decisão da assembleia geral à Seplag.

ato hemoal mobilização Policiais Civis reajuste salarial Sindpol

Veja Também

Comentários