escolas cívico-militar

Bolsonaro crítica Renan Filho e demais governadores do Nordeste

Chefes do Executivo foram alvos em discurso sobre escolas cívico-militar

POR: 7Segundos , Agências de Notícias
Presidente Jair Bolsonaro ao lado do ministro da Educação e Regina Duarte em lançamento de pedra fundamental de Colégio Militar em SP
Reprodução TV Globo

Mesmo com os conselhos para se conter nos discursos, o presidente Jair Bolsonaro (PSL), criticou os governadores do Nordeste que não aceitaram o programa do Governo Federal para a implantação das escolas cívico-militar.

"Por isso, oito dos nove governadores do Nordeste não aceitaram a escola cívico-militar. Para eles, a escola vai muito bem, formando militantes e desinformando lamentavelmente”, disse.

As palavras foram ditas durante o lançamento na manhã desta segunda-feira (3) a pedra fundamental no local onde será construído o futuro Colégio Militar em São Paulo, no antigo Centro Logístico da Aeronáutica, no Campo de Marte, na Zona Norte.

Vale lembra que Alagoas não aderiu ao programa, assim como a capital, que inicialmente havia aceitado, mas desistiu devido as exigências do Governo Federal; assim como nenhuma outra cidade do Estado.

Bolsonaro cívico-militar escola governadores Nordeste Renan Filho

Veja Também

Comentários