ministro da justiça

No Twitter, Sérgio Moro critica a extinção do GAECO em Alagoas

"Espero, respeitosamente, ter lido errado ou que isso não se concretize", falou o Ministro

POR: 7segundos
No Twitter, Sérgio Moro critica a extinção do GAECO em Alagoas
Reprodução/Twitter

Em sua conta oficial no Twitter, o Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, criticou a extinção do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) em Alagoas. 

"A Operação Flash Back contra o crime organizado (PCC) foi um dos destaques de 2019 e teve participação da SEOPI/MJSP e do GAECO/MPE de Alagoas. Leio agora em jornais que foi aprovada lei na Assembléia Legislativa de Alagoas que extingue o GAECO/MPE de AL. Espero, respeitosamente, ter lido errado ou que isso não se concretize. Odeio opinar sobre assuntos internos dos Estados, mas nesse caso peço licença e a compreensão de todos. A lei e a população não podem ficar desprotegidas.", escreveu Sérgio Moro em seu Twitter. 

Entenda o caso

A lei complementar nº73/2019, de autoria da Procuradoria Geral de Justiça foi aprovada pela Assembleia Legislativa Estadual, com emendas apresentadas pelos parlamentares, na sessão ocorrida na quarta-feira (11). A matéria trata da Lei Orgânica do Ministério Público Estadual e conta com oito capítulos e 185 artigos. Entre as alterações, os parlamentares querem que os órgãos colegiados do MP sejam criados apenas após aprovação de lei específica na ALE.

Com isso, o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), o Grupo de Atuação Especial de Combate à Sonegação Fiscal (Gaesf), o Centro de Apoio Operacional das Promotorias (Caop), bem como todos os seus núcleos: defesa da criança e do adolescente, defesa da mulher, direitos humanos, meio ambiente, saúde pública, entre outros, seriam extintos até que projeto de lei específicos para cada um deles fosse aprovado pelos deputados.

Galeria de Fotos


7Segundos critica extinção Gaeco gaeco alagoas mpe alagoas Sérgio Moro Twitter

Veja Também

Comentários