COVID-19

Prefeitos anunciam cortes em seus salários em função de pandemia do coronavírus

As medidas visam repassar o dinheiro para a saúde dos municípios

POR: 7Segundos , Assessoria
Prefeito de Paripueira
Assessoria

Nesta segunda-feira (30).  os prefeitos dos municípios de Barra de Santo Antônio e Parirpueira, anunciaram cortes em seus respectivos salários em função da pandemia do coronavírus em Alagoas .

A Prefeita da Barra de Santo Antônio, anunciou o  corte de 50% de seu salário. Além disso, Emanuella Moura também reduzirá os salários da vice-prefeita,secretários, PGM e diretores de órgão municipais.

A prefeita ainda pretende baixar o decreto na próxima terça-feira, 31, reduzindo em 50% o seu salário e o da vice-prefeita do município, e em 20% os salários dos secretários, procuradoria geral do município e diretores de órgãos. A medida visa direcionar esses valores para a saúde pública e atendimento social durante a pandemia do coronavírus. 

 “Precisamos nos unir, amparar quem mais precisa do poder público, e essa decisão de reduzir o meu salário, o da vice-prefeita, de secretários, PGM e diretores de órgãos, nos permitirá investir mais na solução dos problemas sociais e de saúde, e mostrar que estamos dispostos a contribuir como gestores e como cidadãos”, diz a prefeita, defendendo o isolamento social como meio de evitar a propagação do vírus na cidade.

“Não há em nossa cidade nenhum caso comprovado de Covid-19, dos quatro suspeitos até agora dois foram descartados e dois estão sob investigação, mas vamos continuar em casa e a prefeitura buscando todas as alternativas para garantir a sobrevivência da população”, acrescenta Emanuella Moura. 

Haroldo Nascimento, Prefeito de Paripueira, segue a Prefeitura da Barra de Santo Antônio nessa medida.

O prefeito anunciou nesta segunda-feira (30), que seguirá medida da Barra de Santo Antônio que reduziu salários, e cortará em 50% o seu e o do vice-prefeito por conta da pandemia do coronavírus. Segundo Haroldo, haverá ainda redução de 20% nos salários de secretários e procurador-geral do município.

“Estamos vivendo um estado de emergência na saúde e na economia e precisamos, além de reduzir custos, ampliar qualquer margem de recursos para atender quem mais precisa numa situação como essa”, disse Haroldo, defendendo que as pessoas continuem em casa como prevenção ao covid-19. “Hoje a única certeza que temos é que o isolamento é a melhor precaução”, destacou.

Segundo as estatísticas já divulgadas pela Secretaria Estadual de Saúde não há casos confirmados em Paripueira, mas o prefeito alertou que esse cenário ainda não é seguro. “Toda a gestão está voltada à prevenção do vírus e alternativas para a sobrevivência econômica na cidade”, afirmou Haroldo. “Vou baixar o decreto da redução dos salários e direcionar os recursos economizados para essa crise”, reforçou o prefeito.

A Prefeitura de Paripueira tem intensificado a campanha do isolamento social e de higiene pessoal, como ação preventiva à doença do coronavírus.

Fonte:Assessoria

cortes Geral Maceió notícias Paripueira prefeitura salários

Veja Também

Comentários