maceió

Rodoviários substituem medo do desemprego pelo do contagio por covid-19

Contato diário com a população causa preocupação entre os trabalhadores

POR: Marcos Filipe Sousa
Contato com a população preocupa categoria
Secom Maceió

Os trabalhadores rodoviários estão passando por problemas em diversas capitais, e em Maceió não é diferente. Com a diminuição da frota e do número de passageiros devido à pandemia da covid-19 junto com os decretos de restrição, cresce o medo de demissões, como está ocorrendo em outros setores.

Sandro Régis, presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Rodoviário de Alagoas (Sinttro-AL), explicou que nesta semana uma reunião com as empresas de ônibus garantiu o emprego da categoria.

“O Ministério da Economia veio com esta Medida Provisória que garante a redução da jornada de trabalho em até 70% por parte das empresas, e o complemento do Governo Federal com uma espécie de seguro desemprego. Diante dessa proposta, tivemos uma reunião e os empregos foram garantidos”, disse.

Nesta semana, em Recife, cerca de 2.000 rodoviários foram demitidos com a redução em 75% da frota. Na capital alagoana foram retirados 45% dos ônibus de circulação.

Sandro lembrou que os rodoviários estão com medo devido ao contato diário com a população. “As empresas disponibilizaram álcool em gel para todos os trabalhadores, mas a preocupação é constante”.

O presidente também ressaltou a importância do isolamento. “Os casos oficiais em Alagoas estão pequenos ainda, e não foi registrado nenhum sintoma ou suspeita entre os rodoviários”.

Ele ressaltou que em todos os terminais rodoviários os motoristas e cobradores estão sendo orientados a fazer a higienização das mãos.

cobradores Covid-19 Desemprego motoristas

Veja Também

Comentários