ALAGOAS

MP pede que infectados com a Covid-19 sejam isolados em hotéis

Proposta é evitar o contágio da doença em pessoas que convivem em abrigos

POR: 7Segundos
Com população isolada em casa, doação para abrigos registra diminuição
Casa para Velhice Luiza de Marillac

O Ministério Público de Alagoas (MP/AL) recomendou à Prefeitura de Maceió e ao Estado de Alagoas a contratação de rede de hotelaria ou estabelecimentos semelhantes para isolar pessoas idosas, com deficiência e transtorno mental, que convivam em moradia coletiva e estão em recuperação do quadro infeccioso provocado pelo novo coronavírus (Covid-19).

A recomendação feita pelo promotor Helder de Arthur Jucá Filho, da 25ª Promotoria de Justiça da Capital e publicada no Diário Eletrônico do órgão desta sexta-feira (22), sugere ainda que tanto a prefeitura quanto o governo informem sobre os servidores responsáveis pelo acompanhamento e suporte dos que vivem nestes locais.

A ideia, conforme o promotor, é de que a iniciativa de adquirir quartos em hotéis para isolamento diminua o avanço da Covid-19 nestes ambientes, que acolhem em sua maioria idosos com o sistema imunológico debilitado.

O MP estabeleceu um prazo de 48 horas para respostas sobre o acolhimento dos termos recomendados e sete dias para a implementação do serviço de acolhimento temporário.

abrigo Alagoas Coronavírus hotéis Maceió Ministério Público

Veja Também

Comentários